pós-treino

O que comer no pós-treino?

A alimentação interfere diretamente no organismo, quando se deseja atingir um objetivo estético, seja emagrecer ou definir os músculos. Isso acontece porque os alimentos exercem forte influência, pois são capazes de nutrir, dar energia e fornecer vitaminas para reestruturação e regeneração muscular. Além disso, eles são capazes de combater substâncias nocivas para o corpo. Neste sentido, iremos esclarecer a importância da alimentação pós-treino para a obtenção de resultados positivos nas suas atividades físicas.

Esperamos ajudá-lo, já que muitas pessoas ainda não conhecem a grande importância de se comer corretamente antes e depois da academia.

Alimentação no pós-treino

É imprescindível ingerir alimentos ricos em proteínas, pois elas regeneram os músculos e as fibras musculares, auxiliando na recuperação e no ganho de massa magra. Isso é o que todos buscam, não é mesmo?

A ingestão de carboidratos também é importante, pois auxilia na produção de glicogênio muscular e previne a utilização da proteína como fonte de energia, o que pode causar a perda da massa muscular adquirida com os treinos.

Saiba que aquela história de que não se pode ingerir carboidratos é mito. A ingestão de carboidratos é importante para o processo de ganho muscular, no entanto, deve-se optar por carboidratos bons e de alta complexidade.

Confira os alimentos que podem ser consumidos no pós-treino:

  • ovos cozidos com arroz integral: fonte de proteína e carboidratos;
  • frango grelhado e banana de sobremesa: fonte de proteína e carboidrato;
  • peixes com suco de laranja.

Além dessas combinações, também é importante adicionar os seguintes itens à sua lista:

  • iogurte desnatado;
  • queijo branco;
  • castanha do Pará;
  • castanha de caju;
  • feijão;
  • lentilha;
  • grão-de-bico;
  • mamão.

Gorduras boas, como a pasta de amendoim, também podem ser consumidas no pós-treino, com o objetivo de recuperação muscular. Elas conseguem ajudar tanto no ganho de massa magra, quanto no emagrecimento.

Outras opções de gorduras boas são os peixes, abacate, azeite de oliva extra-virgem, óleo de coco, castanhas, dentre outros alimentos.

A gordura também ajuda a devolver a energia para a célula, assim como o carboidrato, favorecendo a eficácia da proteína, que pode trabalhar corretamente na regeneração muscular.

A importância da hidratação

É importante que a hidratação seja parte do seu dia a dia antes, durante e depois do treino. Durante o treino, perde-se muito líquido e sais minerais. É importante repor esses elementos ao organismo para que não haja desidratação.

Para que você saiba exatamente o que comer, e de acordo com as suas necessidades, é essencial buscar a ajuda de um nutricionista. O profissional é capacitado na elaboração de dietas que respeitem as necessidades e objetivos de cada indivíduo.

O nosso organismo é uma caixinha de surpresas. Portanto, deve-se tomar cuidado ao ingerir alimentos pelos quais não estamos acostumados. Por isso, é necessário ter as orientações de um especialista, inclusive sobre as melhores opções de alimentos para o seu pós-treino.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em Belo Horizonte!

Comentários
Núcleo de Saúde Integrativa

Posted by Núcleo de Saúde Integrativa